PA – Prefeitura de Jacareacanga demite 70 professores Muduruku das escolas indígenas do Alto Tapajós

Por , 02/03/2014 11:24
Munduruku e outros povos assistem revoltados à instalação da comissão da PEC 215. Foto: internet
Munduruku e outros povos assistem revoltados à instalação da comissão da PEC 215. Foto: internet
Por Bebel Gobbi
A Prefeitura de Jacareacanga, Pará, demitiu 70 professores Munduruku que atuam nas escolas indígenas do Alto Tapajós, usando para isso uma lei municipal que contraria todos os princípios e diretrizes da Educação Escolar Indígena Diferenciada, de regulamentação federal.
Exigir que os professores indígenas tenham formação em nível superior é um contrassenso e desrespeita a legislação nacional que rege a Educação Escolar Indígena. As demissões, portanto, são completamente arbitrárias.
NÃO À COLONIZAÇÃO DAS ESCOLAS MUNDURUKU!
PELO RESPEITO À EDUCAÇÃO ESCOLAR INDÍGENA DIFERENCIADA!
Abaixo, a lista d@s professor@s demitid@s, com a alegegação de não terem a “formação mínima exigida” pela Prefeitura de Jacareacanga:
Professores Munduruku demitidos 1Professores Munduruku demitidos 2

Postagens mais visitadas