Pular para o conteúdo principal

Postagens

Postagem em destaque

Calma, o alto ajuda

Postagens recentes

Caravana Mekukradjá - Literatura Indígena em Movimento

TAWÉ - NAÇÃO MUNDURUKU - UMA AVENTURA NA AMAZÔNIA

TAWÉ - NAÇÃO MUNDURUKU - UMA AVENTURA NA AMAZÔNIA
WALTER ANDRADE PARREIRA
EDITORA DECÁLOGO

(primeira edição publicada em 2006)



Prefaciei este livro há alguns anos atrás. Eu o fiz porque seu autor é uma pessoa maravilhosamente gentil, extremamente comprometida com a causa das populações indígenas e um educador de primeira linha (entenda-se educador em seu mais belo sentido). Fi-lo também porque a leitura me causou um sentimento muito profundo de saudade de casa. Walter conseguiu descrever com detalhes a sutileza invisível dos parentes Munduruku. Talvez - me arrisco dizer - tenha observado coisas que somente pessoas com o coração puro possa enxergar. Sem desejar ser um estudioso, sem desejar interferir ou julgar o que via, ele sentiu com o coração a punjância de uma cultura que sabe olhar para o mundo de forma holística, plural, dinâmica, atual e ancestral. Tudo isso ao mesmo tempo.  Penso que poucos estudiosos - antropólogos, etnólogos - ou religiosos - católicos e protestantes -, conseguir…

CAIXA DE PÁSSAROS - NÃO ABRA OS OLHOS - DICA DE LEITURA

Caixa de Pássaros – Não abra os olhos – Dica de Leitura
Sabe aquele livro que você sem muita atenção porque te foi sugerido por uma pessoa muito querida? Sabe aquele livro que não tem nada para ensinar, mas que você lê apenas por diversão? Sabe aquele livro do qual não espera nada e ele vai te envolvendo com sua narrativa empolgante e cativante? Sabe aquele livro de um autor estreante de quem você nunca ouviu falar e que de repente te seduz da primeira a última página e que você não consegue largar até o final? Foi esta a sensação que tive quando recebi o livro de minha filha. Não foi um presente de natal nem nada. Apenas uma indicação efusiva de leitura. Peguei o livro e depois de alguns dias já o tinha lido todo. O livro traz uma narrativa muito vigorosa que permite ao leitor visualizar os acontecimentos sem conseguir desvendar um único mistério que os envolve. É um suspense muito bem construído, quase terror, quase Stephen King, quase Hitchcock. Ele gera mal estar, vertigem, angústia. Eu…

AO REVÉS DO AVESSO – LEITURA E FORMAÇÃO - DICA DE LEITURA

AO REVÉS DO AVESSO – LEITURA E FORMAÇÃO DICA DE LEITURA Sempre que encontro com o professor Luiz Percival Leme Britto é uma festa. Nós gostamos um do outro como amigos que somos e como aliados que nos tornamos. Fazemos a festa do (re) encontro. Gosto de escutar o Percival – como é carinhosamente chamado pelos mais próximos – pela profundidade e contundência que norteiam sua fala. Ele é um pensador profundo, apaixonado, cartesiano, enfático. Não costuma medir as palavras ao dizê-las. Ele as diz por que as pensou com a calma acadêmica necessária para que sejam afirmadas com convicção e endereço certo. Raramente temos tempo de debater nossas ideias que são, quase sempre opostas por nos basearmos em diferentes tradições. Ou melhor, por sermos de diferentes tradições. Ele, um ocidental que sabe só sabe ser ocidental – e afirma isso com todas as letras; eu, um híbrido nascido num mundo, educado em outro e que busca encontrar sentido nos dois mundos. Minhas falas não têm a contundência acadêmic…

Gente de Cor, Cor de Gente - Dica de Leitura

GENTE DE COR, COR DE GENTE Você acha que é possível ver um livro e sentir que o leu? Acha que é possível ler um livro e sentir que o viu? Acha que é possível sentir o que viu e leu? Foi tudo isso que me despertou a leitura e vistura do belo livro sem palavras Gente de Cor, Cor de Gente do escritor de imagens Maurício Negro. É um livro sem palavras, mas quem precisa de palavras para ler os sentidos das imagens, não é mesmo? O livro nos lembra que usamos com muita frequência as cores para revelar nosso estado de espírito como quando dizemos que estamos “roxos de fome” ou “azuis de frio”. Lembra-nos que as cores são imagens que nos remetem a sentimentos, presenças ou ausências que moram dentro da gente. Lembra que gente é Gente independente da cor que cobre o seu corpo e que nossas diferenças não nos empobrecem. Ao contrário, a riqueza do mistério que envolve nossa existência está na diversidade e como convivemos com ela. É um livro que fala – sem palavras – que a cor das pessoas é sua mane…

Irina do Pará - Dica de Leitura

Irina do Pará - Dica de Leitura
Sabe um daqueles livros legais que você não para de ler enquanto não acaba? Sabe aquele livro que te atrai, te conquista, te remete às suas próprias memórias? Sabe o livro que te encanta, te emociona e te faz pensar? Sabe um livro que te angustia, te traz certo sofrimento e te faz refletir sobre a capacidade humana de se superar em meio às agruras da existência? Tudo isso eu encontrei neste Irina do Pará. Um livro escrito com paixão, com entrega, com conhecimento e com o coração. Escrito por Valéria Pimentel, Irina do Pará é uma leitura para ser feita por quem quer conhecer um Brasil profundo, esquecido dos grandes centros e explorado em suas riquezas naturais, minerais e humanas. É um verdadeiro retrato das esperanças que alimentam homens e mulheres que buscam a felicidade apesar dos desafios.
Vale a leitura. Fica a dica.