SOLIDÃO




Solidão é coisa séria. Hoje me sinto só. Há um vazio que mora em mim como nunca senti antes. Não sei. Acho que sempre fui um solitário. Me deu vontade de fumar um cigarro só para ver que formato a fumaça irá criar. Isso é coisa de solitário.
A solidão pode ser um grande remédio. Normalmente é uma doença. Ela forma uma espécie de condicionamento mental do qual não se consegue sair com facilidade.
Tenho medo da solidão, como tenho medo do Deus que tudo vê. Talvez seja pelo fato de que Deus e a solidão sejam a mesma coisa. Não existe a solidão por si só, nem Deus. Existe, talvez, o estar só, aquele momento em que não desejamos ver ou ouvir quem quer que seja. Acho que estou só. Minha mente vagueia por caminhos hostis e me abandona na hora exata de ver a pessoa amada.