Pular para o conteúdo principal

Já esta disponível Critérios e Diretrizes para Organizadores de Eventos Paralelos na Rio+20

CRITÉRIOS E DIRETRIZES PARA ORGANIZADORES DE EVENTOS PARALELOS!






  • Os eventos paralelos patrocinados por Governos, Major Groups, o sistema da ONU e outras Organizações Inter-Governamentais serão organizados diariamente no Centro de Convenção RioCentro, às margens das reuniões oficiais da PrepCom III e da UNCSD, assim como durante os Quatro Dias de Diálogo sobre o Desenvolvimento Sustentável.
  • O evento paralelo proposto deve ser relevante para os principais tema da UNCSD, refletindo uma abordagem ao desenvolvimento sustentável que integre suas dimensões econômica, social e ambiental. O evento paralelo deve constituir em uma contribuição potencial para o resultado final da UNCSD.
  • Para assegurar que o maior número possível de organizadores possa se envolver, as propostas de evento paralelo deve se basear em parcerias colaborativas e envolver vários coorganizadores.
  • Um dos coorganizadores do evento paralelo proposto deve ser indicado como o organizador líder. Um coorganizador não pode ser indicado como organizador líder de mais de um evento paralelo.
  • O Secretariado irá preparar um programa abrangente de eventos paralelos e atualizações diárias a serem publicadas no website da UNCSD: www.uncsd2012.org.
  • A publicidade de um evento paralelo é responsabilidade de seus organizadores. O Secretariado não produzirá folhetos, não distribuirá notificações ou realizar esforços publicitários para eventos paralelos. A UNCSD será conduzida e servida com tecnologia PaperSmart e os organizadores são encorajados a restringir ou limitar consideravelmente a quantidade de materiais informativos, incluindo folhetos, brochuras e publicações.
  • Os eventos paralelos são abertos para todos os participantes inscritos. Os organizadores de eventos fechados ou somente para convidados que busquem uma audiência exclusiva são aconselhados a buscarem locais alternativos.
  • O Secretariado irá se esforçar para acomodar todos os pedidos legítimos de eventos paralelos. Entretanto, devido à alta demanda esperada para eventos paralelos durante a UNCSD, pode não ser possível acomodar todos os pedidos no  RioCentro. Pede-se encarecidamente que organizadores propondo eventos de natureza mais técnica ou que não estejam diretamente relacionados com os critérios acima busquem locais fora do RioCentro.
Regras Gerais da Nações Unidas Regendo Eventos Paralelos
  • Os representantes não governamentais e outras organizações Major Groups que proponham um evento paralelo precisam ser registrados pelo ECOSOC; estarem presentes na lista do CSD, serem registrados para o WSSD ou receber um certificado especial para a Rio+20. http://www.uncsd2012.org/rio20/index.php?menu=90
  • Os organizadores de eventos paralelos podem pedir equipamentos e serviços necessários para seus eventos, que devem ser especificados no formulário de requisição on-line. Pode haver taxas a serem pagas para os serviços relacionados que os organizadores do evento devem estar preparados para arcar.
  • Os organizadores devem planejar realizar seu evento no idioma inglês ou realizar seus próprios arranjos para interpretação, uma vez que serviços de interpretação não estão disponíveis para eventos paralelos.
  • A venda de materiais impressos ou quaisquer produtos nas áreas da ONU durante os eventos paralelos ou a qualquer outro momento está estritamente proibida.
  • Os organizadores de eventos paralelos são aconselhados a não armar displays ou afixar pôsteres em paredes de salas de reunião durante um evento paralelo ou a qualquer outro momento para evitar a remoção e eventual perda de seus materiais.
  • Alimentos e bebidas são estritamente proibidos em salas de reunião da ONU. Atividades que envolvam alimentos ou bebidas, como recepções e coquetéis, são permitidas somente nas áreas designadas e devem ser preparadas diretamente com serviços de bufê. O Secretariado não irá fornecer tais arranjos.
  • É responsabilidade dos organizadores dos eventos paralelos realizar suas próprias preparações relativas a passes de acesso, incluindo para pessoas convidadas como palestrantes ou convidados.

Apresentação de Propostas
  • Qualquer entidade registrada e certificada da UNCSD interessada em organizar um evento paralelo deve apresentar uma proposta usando o formulário on-line de Requisição de Evento Paralelo e incluir uma descrição detalhada do evento proposto, seu foco temático, palestrantes/apresentadores e sua contribuição potencial para a UNCSD.
  • Todas as requisições preenchidas devem ser entregues antes de 30 de março de 2012.

Postagens mais visitadas deste blog

MINHA VÓ FOI PEGA A LAÇO

MINHA VÓ FOI PEGA A LAÇO Pode parecer estranho, mas já ouvi tantas vezes esta afirmação que já até me acostumei a ela. Em quase todos os lugares onde chego alguém vem logo afirmando isso. É como uma senha para se aproximar de mim ou tentar criar um elo de comunicação comigo. Quase sempre fico sem ter o que dizer à pessoa que chega dessa maneira. É que eu acho bem estranho que alguém use este recurso de forma consciente acreditando que é algo digno ter uma avó que foi pega a laço por quem quer que seja. - Você sabia que eu também tenho um pezinho na aldeia? – ele diz. - Todo brasileiro legítimo – tirando os que são filhos de pais estrangeiros que moram no Brasil – tem um pé na aldeia e outro na senzala – eu digo brincando. - Eu tenho sangue índio na minha veia porque meu pai conta que sua mãe, minha avó, era uma “bugre” legítima – ele diz tentando me causar reação. - Verdade? – ironizo para descontrair. - Ele diz que meu avô era um desbravador do sertão e que um dia topou com uma “tribo” sel…

Garimpo invade bacia do Tapajós

por


Os riscos apontados para a bacia do Tapajós deixam claro que a região amazônica, apesar do aumento nos índices de queda no desmatamento, continua a ser tratada como o grande almoxarifado de recursos naturais do planeta. As ações planejadas para a maior bacia hidrográfica do mundo não se restringem a planos de construção de uma sequência de usinas rios adentro. Bastou o governo informar que parte das terras que pertenciam às unidades de conservação da Amazônia havia sido desvinculada das áreas protegidas para que se tornassem alvo de ações de garimpo e extrativismo ilegal. A reportagem é de André Borges e publicada pelo jornal Valor, 26-07-2012. A pressão cresceu e o Instituto Chico Mendes de Biodiversidade (ICMBio) tem procurado controlar a situação e deter a entrada de pessoas na região, mas seu poder de atuação ficou reduzido, porque está restrito às áreas legalmente protegidas. “Com a desafetação (redução) das áreas, muita gente está se mexendo para…

Daniel Munduruku, índio e escritor

Postado no Blog da TV CULTURA
28/07/2009 | 18h00 | Mariana Del Grande

Daniel Munduruku é o maior escritor indígena do Brasil. Graduado em Filosofia e doutorando em Educação na Universidade de São Paulo, ele tem 34 livros publicados e seu nome ocupa as prateleiras das melhores livrarias do país.

Diferente da maioria dos índios, que ainda lutam para derrubar conceitos antiquados em relação as suas culturas e tentam conseguir espaço para mostrar as tradições, Daniel Munduruku vive da literatura indígena e conseguiu um feito inédito: seus livros são adotados em diversas escolas públicas e particulares de todo o país! Um passo gigante em direção ao futuro: nossas crianças já começam a conhecer o índio de verdade, ao invés daquele ser nu, limitado e inferior que, durante cinco séculos, povoou a imaginação da sociedade brasileira.

Leia abaixo alguns trechos da entrevista que Daniel Munduruku concedeu ao Blog do A’Uwe por e-mail.



Visite o site do escritor: www.danielmunduruku.com.br

Em breve a Loja…