Índios de três etnias terão curso superior exclusivo na UFSC

Vestibular para licenciaturas será em 14 de novembro em Santa Catarina

Melissa Bulegon | melissa.bulegon@diario.com.br

O índio guarani Wanderley Cardoso Moreira já tem compromisso para o dia 14 de novembro. Nessa data, ele deve prestar vestibular para o curso de nível superior Licenciaturas dos Povos Indígenas da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

A iniciativa deve oferecer 120 vagas para as etnias Guarani, Kaingang e Xokleng. A nova graduação formará professores para lecionar nas escolas indígenas de Santa Catarina.

Morador da aldeia Yyn Moroti Whera, em Biguaçu, na Grande Florianópolis, Wanderley mostra preocupação em preservar a cultura de seu povo. Esse foi justamente o motivo que levou o estudante de Magistério a definir antes mesmo de ingressar na universidade qual a habilitação do curso que irá fazer.

— Escolhi Linguagens. Existem vários dialetos, e há poucos índios que falam ainda a língua nativa, e eu me preocupo em mantê-la viva. Fiquei sabendo do vestibular há umas três semanas, e para mim foi uma surpresa. Sempre tive o sonho de ingressar em uma universidade e, ao mesmo tempo, ajudar na preservação e divulgação da cultura indígena — conta.

As inscrições, gratuitas, começam no próximo dia 28 e podem ser feitas somente pelo site da universidade. Entre os requisitos, o candidato deverá informar a aldeia em que vive e o nome do cacique. São 40 vagas para cada um dos três povos. O curso tem como enfoque os territórios indígenas, principalmente as questões fundiária e ambiental no Sul da Mata Atlântica.

A prova será composta de 20 questões objetivas de Conhecimentos Gerais, 10 de Língua Portuguesa e uma redação em Língua Indígena. Entre os conteúdos, estão temas ligados diretamente às etnias, como organização política e cultural, legislação, história e territórios. O candidato poderá optar entre três cidades para prestar o vestibular: Xanxerê, José Boiteux e Florianópolis.

Aulas devem começar em fevereiro
Nos primeiros semestres, os estudantes devem receber formação para dar aulas na educação infantil e no anos iniciais do Ensino Fundamental das escolas dos três povos. Depois, optam por uma das três habilitações — Linguagens (língua indígena), Humanidades (direitos indígenas) e Conhecimento ambiental — que vão capacitá-los para trabalhar com os anos finais do Ensino Fundamental e com o Ensino Médio.

As aulas estão previstas para iniciar em fevereiro de 2011. O curso terá duração de quatro anos, distribuídos em oito semestres. O projeto é financiado pelo Ministério da Educação (MEC) e pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), em parceria com a Secretaria de Estado da Educação (SED), Fundação Nacional do Índio (Funai) e Fundação Nacional de Saúde (Funasa).

Pioneirismo
O primeiro curso superior específico para o povo indígena em Santa Catarina foi implantado no ano passado, na Universidade Comunitária da Região de Chapecó (Unochapecó), no Oeste do Estado.

O estudante de Licenciatura Específica para a Formação de Professores Indígenas Kaingang pode escolher entre quatro áreas de capacitação: Matemática e Ciências da Natureza; Ciências Sociais; Pedagogia; e Línguas, Artes e Literaturas. O curso é dividido em 10 semestres e tem duração de cinco anos. Os professores podem atuar na educação infantil, Ensino Fundamental e em disciplinas específicas do Ensino Médio.

PROGRAME-SE
Vestibular para o curso de Licenciaturas dos Povos Indígenas do Sul da Mata Atlântica: Guarani, Kaingang, Xokleng

Habilitação em: Linguagens  (Línguas Indígenas), Infância ( (formação inicial para docência na Educação Infantil e nos anos iniciais do Ensino Fundamental), Humanidades (sobre direitos indígenas), e Conhecimento Ambiental.

Local: Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)
Quando: 14 de novembro
Horário da prova: 12h às 17h
Vagas: 120, sendo 40 para cada etnia
Locais: Xanxerê: E.E.B Joaquim Nabuco, José Boiteux: E.E.B. Clemente Pereira e
Florianópolis: UFSC
Quem pode participar: indígenas das etnias Guarani, Kaingang e Xokleng com Ensino Médio completo ou em conclusão em 2010
Inscrições: somente pelo site www.vestibular2011.ufsc.br/licenciaturasindigenas, no período de 28 de setembro a 27 de outubro de 2010
Informações: http://www.licenciaturaindigena.ufsc.br/ ou pelo telefone (48) 3721-4879

Postagens mais visitadas