Relatório da ONU alerta para o impacto da mudança climática na oferta de água e propõe abordagem holística

Planeta Sustentável - 12/03/2012 às 21:00











O destaque do primeiro dia do 6º Fórum Mundial da Água, que acontece em Marselha, foi a apresentação do 4º Relatório do Programa de Avaliação Mundial da Água (WWAP), da ONU. Intitulado “Gerir a Água em Condições de Incerteza e de Risco”, o estudo é uma referência fundamental na elaboração de políticas hídricas, pois é a única avaliação da situação da água em nível planetário. Elaborado por 29 agências da ONU capitaneadas pela UNESCO, com a colaboração de mais de 200 parceiros (ONGs e entidades privadas), o relatório traz um balanço e indica caminhos para as soluções ao problema da escassez da água.
Além do contínuo crescimento da demanda por este recurso vital, o documento destaca o impacto da mudança climática no problema da água. Secas consecutivas, inundações, furacões e o aquecimento global são quatro aspectos-chave da mudança climática que têm impacto na questão da água. Os regimes hidrológicos mudaram profundamente nas últimas décadas e por isso o passado não serve mais como ferramenta para prever o futuro.
“É fundamental, portanto, desenvolver resiliência em relação à mudança climática, intensificando os estudos sobre o tema e compartilhando suas conclusões com todos os países”, afirmou Michel Jarraud, presidente da ONU-Água, durante a apresentação do relatório.
Limitada, fragmentada e previsível, a atual maneira de gerir a água é um fracasso – aponta o documento. Por isso, grande parte do relatório trata do processo decisório em condições de incerteza crescente, mostrando que governantes, empresários e líderes da sociedade civil deverão tomar decisões fundamentadas nos conhecimentos adquiridos a partir de análises sistemáticas de indicadores, cenários futuros e outros métodos similares.
A gravidade da situação impõe, segundo o estudo, uma abordagem holística, com a ação concertada dos governos nacionais reconhecendo a importância das externalidades e do papel que desempenham na qualidade, na utilização e na gestão dos recursos hídricos do planeta.