Índios entram em confronto na porta da Funai em Brasília

Jornal Nacional; O Globo; Agência Brasil

 BRASÍLIA - Dois grupos indígenas entraram em confronto nesta quarta-feira na porta da Fundação Nacional do Índio (Funai), em Brasília. Os índios caiapó tentaram entrar no prédio para conversar com a direção da fundação, mas foram impedidos pelos índios xavante. A confusão só acabou com a chegada da polícia.
Apesar do confronto, os dois grupos são contrários à reestruturação da Funai e querem discutir o decreto que muda as administrações regionais.
Na terça-feira, cerca de 500 índios haviam fechado a sede da Funai para protestar contra o decreto 7.056, editado em 28 de dezembro de 2009, que, segundo eles, extingue administrações e postos do órgão.
O decreto está em vigor desde o dia 4 de janeiro e pode ser sancionado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva no próximo dia 21. De acordo com o cacique, a resolução prevê a criação de coordenações técnicas no lugar das administrações. Ainda segundo ele, dois ou três funcionários destas coordenações teriam de dar conta de toda a demanda que antes era administrada por dezenas de funcionários. O cacique informou que em Pernambuco, por exemplo, eram 160 servidores e, na da Paraíba, 40.

Postagens mais visitadas