Exposição sobre irmãos Villas Bôas é prorrogada até 31 de julho

A exposição Irmãos Villas Bôas - Vidas de Conquistas, que permite às pessoas conhecerem mais sobre a cultura indígena do Xingu, permanece até dia 31 de julho, com visitas de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.

SÃO PAULO (ABN NEWS) - A exposição “Irmãos Villas Bôas – Vidas de Conquistas”, realizada pelo Memorial do Ensino Municipal, foi prorrogada. As pessoas poderão conhecer mais sobre a cultura indígena do Xingu pelo olhar da família Villas Bôas e o trabalho realizado pelos sertanistas junto aos índios brasileiros gratuitamente até o dia 31 de julho. As visitas podem ser feitas pelo público em geral de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.

Durante as visitas, um monitor explica o trabalho dos Villas Bôas por meio de imagens, objetos e vídeos que entrelaçam a trajetória dos irmãos à história do Xingu, entre eles painéis com fotos do arquivo pessoal do sertanista Orlando Villas Bôas, cedidas pelo filho Noel, retratando festas, rituais, a vida na tribo e a relação com os índios. A exposição conta com armas, instrumentos musicais, artesanato de cerâmica, bijuterias e outros utensílios indígenas que pertencem ao acervo do Projeto Xingu, mantido pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), que acompanha os índios da região desde a década de 60.

Os visitantes poderão participar de oficinas de artesanato, dança, contação de histórias e brincadeiras indígenas. Banners mostrarão também o trabalho realizado nos três Centros de Educação e Cultura Indígena (CECIs), da Rede Municipal de Educação, que têm como objetivo o desenvolvimento integral das crianças índias de zero a seis anos em seus aspectos físico, psicológico, intelectual e social. O currículo dos CECIs, com processos de aprendizagem desenvolvidos especialmente a partir dos interesses, hábitos e crenças indígenas, procura preservar a cultura Guarani.

Serviço:

Exposição “Irmãos Villas Bôas – Vidas de Conquistas”
Data e Horário: Até o dia 31 de julho, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h
Local: Memorial do Ensino Municipal
Endereço: rua Estado de Israel, 509, Vila Clementino