26 de mai de 2013


TU NÃO MENTES NUNCA, QUE MERDA!
Tu não mentes nunca. Isso é uma merda. Queria que tu mentisses um pouquinho apenas para seres mais humana. Gente que não mente é um saco. A mentira é saudável para a mente e para o corpo. A verdade que falas me faz mal. Revelam todos os meus defeitos de uma vez. Quis tantas vezes que dissesses uma mentira só para me agradar. Seria tão fácil e bom para mim! A verdade que dizes destrói minhas mentiras. O que queres? Por que tens sempre que desconstruir minhas ilusões? Por que jogas merda no ventilador com a porra da verdade?
Eu queria tanto que mentisses para mim! Queria que dissesses que me ama, saber por que é tão difícil arrancar de ti um “eu te amo?. Claro que sei. É por que não sabes mentir. Deve ser por isso que preferes ficar no silêncio. Queres que eu mesmo conclua, não é? Queres que eu implore para que mintas? Uma mentira tua faria muita diferença para mim. Me deixaria tão feliz! Seria tua confissão de humanidade. Te tornaria mais próxima a mim. Mas não. Tu preferes te manter à distância. Preferes te enrolar nos teus conceitos e se isolar dos mortais mentirosos, como eu. Eu queria só que dissesses que gostas de minhas piadas e que elas te faziam rir. Mas preferes chamar-me de bobo. Sabes que eu me sinto um idiota? Tu sabes tudo. É que a verdade conhece a mentira, mas a mentira não conhece a verdade. E não podes rir de minhas mentiras. Queria que dissesses que sou bonito, elegante, agradável. Que sou isso para ti. Preferes dizer que sou para tantas, para outras. Não sabes me agradar. Não sabes que sou pavão apenas para hipnotizar tua verdade e te trazer para o lugar dos mortais. Preferes dizer que minhas mentiras são o retrato do que sou. Pode ser. Eu minto porque sei que ela agrada. Minto porque ela enleva. Minto pela alegria que causa. Mesmo que efêmera, a alegria é bonita. A mentira é feia e feio é mentir, mas ela é tão mais preciosa, mais dinâmica, mais alegre que a verdade! Por isso queria tanto que mentisses para mim! Mas, merda, tu não mentes nunca! 
Compartilhar:
←  Anterior Proxima  → Página inicial

OUÇA A RÁDIO PORANDUBA

Postagem em destaque

TAWÉ - NAÇÃO MUNDURUKU - UMA AVENTURA NA AMAZÔNIA

TAWÉ - NAÇÃO MUNDURUKU - UMA AVENTURA NA AMAZÔNIA WALTER ANDRADE PARREIRA EDITORA DECÁLOGO (primeira edição publicada em 2006)   Prefaciei...

Total de visualizações

INSTITUTO UKA