UFPA realiza processo seletivo especial para povos indígenas 2013

Prova será realizada no próximo dia 13, em três cidades paraenses.
No Pará, existem 60 povos indígenas.

 

Do G1 PA


No próximo dia 13 de janeiro, a Universidade Federal do Pará (UFPA) realiza em todo estado o Processo Seletivo Especial para Povos Indígenas (PSE 2013-2). Em todo o Pará, existem cerca de 60 povos indígenas.
As fases do PSE 2013 ocorrem nos campi da UFPA em Belém, Altamira e Marabá. De 8h às 11h, será realizada a prova de Língua Portuguesa (redação). As entrevistas individuais com os candidatos e a verificação de documentos como o histórico escolar do ensino médio e a declaração de pertencimento serão realizadas no mesmo dia.
Esta política de ações afirmativas para estudantes de origem indígena já está presente nas quatro universidades públicas do Pará. Este é o quarto ano que a UFPA oferta duas vagas nos cursos de graduação para estudantes de origem indígena. O cartão de inscrição também já está disponível no site do Centro de Processos Seletivos da UFPA (Ceps).

“Este sistema corresponde à correção do acesso de povos indígenas ao ensino superior, direito conquistado depois de séculos de colonialismo. É obrigação constitucional produzir igualdade de acesso aos povos etnicamente diferenciados. A ‘indianização’ dos corredores da UFPA é imperiosa e espera-se que no futuro a presença seja mais massiva, contribuindo para a mudança de pensamento que desconsidera os conhecimentos tradicionais”, afirma Jane Beltrão, antropóloga e presidente da Comissão Permanente de Processos Seletivos (Coperps). Segundo ela, isso requer tempo, mas é possível. Neste mês acontece a contratação do primeiro professor indígena pela UFPA, após concurso de títulos e provas.
Evasão
Segundo Jane Beltrão, a evasão por trabalho dos estudantes indígenas que ingressam na UFPA é superior a 40%. “As condições para mudar esta realidade ainda estão sendo criadas, embora a Associação dos Povos Indígenas Estudantes da UFPA (APYEUFPA) insista e lute por bolsas e condições de permanência na Instituição. Há dificuldades e os estudantes precisam ser acompanhados diariamente. Para que além do ingresso, se cuide de permanência deles. Para isso, os professores e os técnicos precisam acolher e pensar em renovação pedagógica que abrigue os indígenas.”
Serviço
Processo Seletivo Especial para Povos Indígenas (PSE 2013-2), dia 13 de janeiro, de 8h às 11h, e entrega dos documentos de 14h às 18h, e nos dias 14 e 15, de 8h às 12h e de 14h às 18h. Para imprimir o cartão de inscrição, acesse: www.ceps.ufpa.br.

http://g1.globo.com/pa/para/noticia/2013/01/ufpa-realiza-processo-seletivo-especial-para-povos-indigenas-2013.html

Postagens mais visitadas