Rio Claro recebe Vídeo Índio Brasil a partir do dia 31

A terceira edição do Vídeo Índio Brasil (VIB) contempla cidades de todos os estados brasileiros. O festival nacionalmente acontece de 31 de julho a 07 de agosto (em Rio Claro indo até o dia 09), quando serão exibidos filmes com temática indígena em mais de cem cidades, simultaneamente. ­­­­­­­Rio Claro, através do Ponto de Cultura Rio Claro Cidade Viva, é uma das cidades selecionadas para receber o festival.

Em Rio Claro todos os dias do festival serão realizados na sede do Centro de Voluntariado de Rio Claro e Ponto de Cultura Rio Claro Cidade Viva (Avenida Visconde do Rio Claro, esquina com Avenida 26 – nº290 – Centro). Apenas na 5ªFeira dia 05/08 é que durante o evento será realizado um Bate Papo Cultural no Centro Cultural Municipal Roberto Palmari.

O objetivo do festival é fortalecer e divulgar a temática indígena no Brasil. "O Vídeo Índio Brasil tornou-se um dos principais programas referentes à difusão das culturas indígenas no país. Como o Brasil é signatário da Convenção Mundial da Diversidade Cultural, aprovada pela Organização das Nações Unidas (ONU), estamos dando nossa contribuição", resume o idealizador, e diretor do VIB, o produtor cultural Nilson Rodrigues. Binho Perinotto (Fábio Riani Costa Perinotto), dinamizador TUXÁUA da Rede de Pontos de Cultura, membro da coordenação do Ponto de Cultura Rio Claro Cidade Viva e um dos coordenadores do VIB 2010 em Rio Claro comenta: “Nossa intenção em trazer este evento para a cidade de Rio Claro é fortalecer debates e políticas públicas sobre a temática indígena no município e na região. Há, por exemplo, a lei federal 11.645 que trabalha a questão indígena, sua história e cultura, dentro da educação formal escolar. Temos intenção de garantir que ela seja implementada no município e com qualidade, além de ampliar e fomentar pesquisas e trabalhos com a temática indígena nas mais diversas áreas do conhecimento”.

Neste ano, estiveram na disputa 80 filmes de todo o Brasil para compor a mostra audiovisual do projeto. A curadoria do VIB selecionou longas e curtas-metragens nas categorias documentário, ficção e animação, compondo uma diversidade de produções realizadas por índios e não índios que mostram, por meio do audiovisual, peculiaridades das culturas indígenas de todo o país.

Para a realização do evento aqui na cidade de Rio Claro foi realizada parceria entre o Centro de Voluntariado e Ponto de Cultura Rio Claro Cidade Viva, Arquivo Público e Histórico Municipal, Assessoria de Juventude, e a UNESP através dos docentes: Prof. Dr. Romualdo Dias e Prof. Dra. Bernadete Castro.

Fonte: JC Jornal da Cidade