14 de jan de 2011

Carteira Indígena investe R$ 1 milhão em projetos para mulheres

 A Carteira Indígena - Segurança Alimentar e Desenvolvimento Sustentável em Comunidades Indígenas - vai disponibilizar R$ 1 milhão para projetos voltados para as mulheres.
Esta é a primeira chamada pública da Carteira Indígena direcionada às índias.
Os projetos devem prever atividades econômicas sustentáveis e fortalecimento de práticas e conhecimentos tradicionais para o sustento dos povos indígenas.
Podem enviar propostas as associações de mulheres indígenas e entidades que cumpram as diretrizes da Carteira Indígena.
As inscrições devem ser enviadas ao Ministério do Meio Ambiente (MMA) até 4 de outubro.
A chamada atende a um dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio das Nações Unidas ao promover a autonomia das mulheres.
A saúde das mulheres também é outra preocupação da Carteira Indígena. Estudo da Fundação Nacional da Saúde aponta um quadro de crescimento de doenças como hipertensão e diabetes, altos índices de anemia, sobrepeso e obesidades, bem como alimentação inadequada.
A Carteira Indígena é coordenada pelos ministérios do Meio Ambiente e do Desenvolvimento Social e Combate à Fome.(Ministério do Meio Ambiente)

Fonte: Clipping da 6ª CCR do MPF.
Compartilhar:
←  Anterior Proxima  → Página inicial

OUÇA A RÁDIO PORANDUBA

Postagem em destaque

TAWÉ - NAÇÃO MUNDURUKU - UMA AVENTURA NA AMAZÔNIA

TAWÉ - NAÇÃO MUNDURUKU - UMA AVENTURA NA AMAZÔNIA WALTER ANDRADE PARREIRA EDITORA DECÁLOGO (primeira edição publicada em 2006)   Prefaciei...

Total de visualizações

INSTITUTO UKA