Livros sobre educação intercultural indígena são lançados por meio do Coeduc

Da Redação
Incluir a temática indígena na escola e facilitar a educação intercultural é o objetivo de dois livros lançados pelo Núcleo de Estudo sobre o Corpo, Educação e Cultura (Coeduc) da Universidade do Estado de Mato Grosso, por meio do Projeto financiado pela Rede CEDES/ME (Centro de Desenvolvimento do Esporte Recreativo e do Lazer) em parceria com o Grupo de Pesquisa em Movimentos Sociais e Educação (GPMSE) da Universidade Federal de Mato Grosso e o Projeto Jogos Indígenas e Educação: Produção Material Educativo Sobre os Jogos dos Povos Indígenas do Brasil.
As obras “Jogos e Culturas Indígenas: Possibilidades para a Educação Intercultural na Escola” organizado pela professora da Unemat, Beleni Salete Grando e “O eu e o outro na Escola: contribuições para incluir a história e a cultura dos povos indígenas na escola”, também organizado pela professora Beleni e pelo professor Luiz Augusto Passos (UFMT) tem como objetivo contribuir para que a temática indígena sela incluída na escola como prevê a lei nº 11.645/08, assim como contemplar a educação intercultural.
Além da versão ebook que estará sendo disponibilizada no site do Ministério do Esporte, e pela Rede CEDES, além do site da Unemat no endereço: www.unemat.br/pesquisa/coeduc, as obras também serão lançadas pela Editora da UFMT. Os exemplares impressos serão distribuídos aos Grupos de Pesquisa.
A professora Beleni Salete grando lembra que as produções reúnem autores de diferentes áreas e etnias. Segundo ela todos são parceiros no desafio de pensar uma educação para além da escola. 

Fonte: O Documento